Reabertura da Loja

Conforme Decreto Municipal de 5 de maio, poderíamos, como microempresa, já estar de portas abertas, atendendo ao público, com medidas de restrição. Mas optamos por não o fazer. Nesta última quarta-feira, acompanhamos a divulgação da nova publicação do Executivo, que reiterou essa liberação, abrindo margem para restaurantes, bares, shoppings, entre outros retomarem as atividades. Qual foi mais uma vez a nossa decisão? Continuar o sistema de telentrega, de portas fechadas e com atendimento restrito pela grade da loja somente às quartas e sábados, mesmos dias que fazemos as entregas (segue até o final do texto).


Mas por que, mesmo com um segundo decreto, a Banana Verde não vai abrir? Porque nossa loja tem um espaço físico pequeno. Porque não queremos correr o risco de, por sermos apenas em dois no atendimento e gerenciamento de demandas, não dar conta de conter o fluxo de pessoas e o necessários distanciamento entre elas. Porque não temos como resolver o problema de ventilação interno, fundamental neste momento. Porque a gente acredita que a reabertura dos comércios vai, em poucas semanas, ajudar a aumentar a curva de contaminação pelo novo coronavírus, a exemplo do que temos visto em outros países que flexibilizaram as regras no momento errado.


E não queremos colaborar pra que isso aconteça. Imaginem a loja funcionando: entra um cliente, olha um produto, lê os ingredientes, coloca de volta na prateleira, entra outro, repete a ação… Enquanto isso, a gente estaria se dividindo entre atender, empacotar, procurar itens, responder dúvidas, mostrar produtos, não podendo fiscalizar essas situações.
Sabemos o quanto vocês gostam da experiência e encantamento de poder olhar, tocar, descobrir cada uma das soluções sustentáveis que oferecemos. Nós também estamos com saudades. Mas não vai rolar agora esse reencontro. Ainda não é a hora de voltar. Nada está normal nem resolvido. Por isso pedimos compreensão por mais essa decisão.
A gente tem se esforçado muito para – e acreditamos que estamos conseguindo – te ajudar com dúvidas pelo Whatsapp, essa tecnologia que nos aproxima. Os retornos de quem vêm recebendo suas compras em casa têm sido muito bons.


Estamos sim vendendo menos, bem menos. Mas conseguindo segurar as pontas porque temos uma estrutura super enxuta, pois somos uma empresa familiar. A vida é o que mais importa neste momento. A tua e a nossa. Então, fica em casa. E, se precisar de algo, nos aciona.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
:: PEDIDOS :: Recebemos os pedidos de segunda à sexta-feira via WhatsApp pelos números (051) 98138-5113, com Renata, ou (051) 98036-8181, com Felipe.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
:: ENTREGAS :: Realizadas somente às quartas e sábados a partir das 10h, conforme agendamento, ordem e rotas, a fim de minimizar a exposição de todos os envolvides.